Um pouco de futilidade nunca fez mal! Vernizes e cores da moda…

Não me entendam mal! Adoro moda e cor! Mudar a cor das unhas é algo que me faz bem à alma… Assim como um novo par de sapatos… É daquelas coisas que não consigo explicar mas aposto que me compreendem!

A oferta é muita, as marcas e preços, do mais variado! Das mais conhecidas às profissionais, hoje em dia não falta por onde escolher.

Confesso que sou defensora acérrima de marcas profissionais americanas, razão pela qual trabalho apenas a iBi e a Nubar. Porquê?… Não há muito tempo atrás, os vernizes continham na sua composição químicos que hoje são considerados carcinogénicos e proibidos são eles: DBP (dibutilfetalato) – é um plastificante que servia para dar mais brilho ao verniz, o Tolueno deriva do benzeno e é um solvente, o Formaldeído era o responsável pela durabilidade do verniz e no caso da iBi, a Cânfora (esta não é cancerígena), mas por salvaguarda às mulheres grávidas, foi retirada da fórmula dos nossos vernizes.

Mas… qual a diferença entre as marcas profissionais e os outros?…

As fórmulas, a qualidade dos químicos utilizados e a sua durabilidade.

Vivemos em sociedade! Moda, cores e tendências são palavras bem conhecidas de todos nós! 

Começa a nova estação e as perguntas são: o que se usa?… Quais as cores? Sinceramente vos digo: todas! A cor que usamos tem a ver com quem somos!

Hoje em dia tudo é permitido!

Escolham cores com que se identifiquem, que tenham a ver com quem são, que defina estados de espírito! Não tenham medo de arriscar, saiam do conforto das cores de sempre! Ousem!

Uma boa dica para escolher a cor é colocarem o frasco das cores nas “costas” da vossa mão. Terão uma idéia mais clara se fica bem ou mal. Só nos encarnados, podemos ir dos escuros aos claros, dos rosados aos alaranjados. Tudo depende da percentagem de azul ou amarelo presente no encarnado. De acordo com o vosso tom de pele, uns poderão ser mais favorecedores que outros.

Peçam a opinião a quem cuida das vossas mãos – o Dez Studio de preferência – também tenho de puxar a brasa à minha sardinha 😉

 

No Comments

Leave a Comment